Florais

A terapia floral está baseada na ressonância magnética onde o processo curativo das flores vai além da doença, e busca compreender de forma mais profunda os corpos mental e emocional que afetam nosso físico. Bach dizia "que a cura é a correção da alma com a unidade dentro de si. A associação da unidade gera a doença".

Esta terapeutica não leva em conta sintomas físicos mas estados negativos da essência humana. Portanto, a mesma doença em três pessoas diferentes serão tratadas mediante o estado comportamental e emocional do doente.

O sistema de tratamento floral é simples. Os florais de Bach são obtidos a partir de flores silvestres, tratadas sem agrotóxicos, colhidas com o orvalho da manhã, no auge da sua fonte, sob o sol de um dia iluminado. Em raras exceções são fervidas. Após retirá-las da água fica o registro vibracional. A esta água vibrante acrescenta-se 50% de brandy para obter a solução-estoque.

Tais flores foram desenvolvidas para que cada indivíduo ame a si mesmo. Cura todas as manifestações doentias

A doença é o resultado de um conflito, fruto de sete efeitos: orgulho, crueldade, ódio, egoísmo, ignorância, instabilidade e cobiça. A terapia floral exalta as virtudes que se opõe aos defeitos, transformando a crise em oportunidade de aprendizado e evolução.

Trabalhamos com os sistemas Florais de Bach, Florais de Minas e Florais Saint Germain

São sete os resultados básicos de desarmonia (Florais de Bach):

- Para os que sentem medo
Rock Rose: terror e pânico. Paralisia causada por um choque. Medo de pesadelos.
Mimulus: para a timidez e os medos de origem conhecida: doença, morte, altura, acidente e solidão.
Cherry Plum: medo de perder o controle e cometer alguma violência.
Aspen: para os medos desconhecidos, vagos e irracionais.
Red Chestnut: para os que temem pelos outros, preocupando-se excessivamente com filhos e parentes, sempre pensando no pior.

- Para os que sofrem da incerteza
Cerato: para quem duvida da própria capacidade.
Scleranthus: para quem não consegue se decidir, pessoas instáveis, desconcentradas e volúveis.
Gentian: para pessoas que se deprimiram por algum acontecimento, sentindo-se desencorajadas e abatidas.
Gorse: para desesperança, desânimo e resignação.
Hornbeam: para cansaço mental e físico e para quem sente que momentaneamente lhe faltam forças.
Wild Oat: para as incertezas profissionais, ambições indefinidas.

- Para quem não tem interesse pelo presente
Clematis: para pessoas que vivem de sonhos e fantasias.
Honeysuckle: para nostalgia, pessoas com pouca esperança no futuro.
Wild Rose: apatia sem razão aparente, falta de energia no futuro.
Olive: exaustão mental e física, depois de doenças prolongadas ou crises.
White Chestnut: para os pensamentos indesejados e persistentes.
Mustard: para as depressões sem causa conhecida.
Chestnut Bud: para quem não consegue aprender com as experiências vividas, repetindo os mesmos erros. Pessoas desatentas e esquecidas.

- Pessoas solitárias e impacientes
Water Violet: é o remédio dos solitários, orgulhosos e quietos.
Impatiens: para pessoas impacientes, muito críticas, incapazes de aceitar ritmo dos outros.
Heather: para os que não suportam ficar só, falam sobre si mesmos e raramente escutam os outros.

- Para os hipersensíveis a influência e opiniões
Agrimony: para os que querem passar sempre uma imagem de alto-astral, mas no íntimo sofrem.
Centaury: para pessoas muito tímidas e caladas que se tornam servis.
Walnut: o remédio para as mudanças de vida: ajuda a romper os velhos padrões.
Holly: para o estado muito negativo: ódio, ciúme, amargura, vingança...

- Para o desalento ou desespero
Larch: para pessoas que estão sempre antecipando o fracasso.
Pine: para quem tem sentimentos de culpa e vive se autocriticando.
Elm: para quem, ocasionalmente, se sente com um grande peso nos ombros e acha que não suportará prosseguir.
Sweet Chestnut: para períodos de angústia extrema quando se está no limite da resistência.
Star of Bethlehem: ajuda nos casos de choque e sua seqüelas, má notícias, acidentes, sustos...
Wilow: é o remédio da amargura, do ressentimento e do rancor.
Oak: que assume mais do que pode fazer, sem se queixar, ficando exausto.
Crab Apple: para os que sentem de algum modo sujos, impuros ou têm obsessão por limpeza.

- Para os que se preocupam exessivamente com o bem estar dos outros.
Chicory: para pessoas que, em estado negativo, passam a ser possessivas e chantagistas.
Vervain: para dominadores que podem chegar ao fanatismo, tentando convencer todo mundo com suas idéias.
Vine: para arrogância, autoritarismo e ambição.
Beech: para os que são extremamente críticos e intolerantes.
Rock Water: para as pessoas muito severas e rígidas que querem ser o exemplo para todos.

Farmácia Naturales Curantum
Rua Euclides Pacheco, 277 - Tatuapé - São Paulo
CEP: 03321-000 - Tel: (11) 2293-0080 - Fax: (11) 2941-3071